Pão - ok

Schär traz ao mercado brasileiro o verdadeiro Pão Francês sem glúten

Com receita desenvolvida especialmente para o Brasil, a Schar – líder mundial sem Glúten, lança o Pão Francês, elaborado com processo de fermentação natural 

 

O consumidor que precisa ou opta por seguir uma dieta sem glúten começa 2018 com uma grande novidade Schär: o pão francês, um dos itens mais solicitados por consumidores no Brasil. Sem glúten e sem lactose, o produto écomercializado em embalagem de 130g, com três pãezinhos por unidade. Além de ser certificadamente sem glúten é também rico em fibras, enriquecido com fibras de psyllium e bambu. Outro diferencial do produto é o seu processo de fermentação natural, desenvolvido especialmente pelos mestres padeiros Schär.

 

Assim como todos os produtos Schär, o pão francês também é livre de conservantes e não usa nenhum ingrediente transgênico. Devido à tecnologia de envase em atmosfera protetora, “mesmo sem aditivos artificiais, o produto não precisa ser congelado ou refrigerado, podendo ser armazenado em temperatura ambiente durante todo o prazo de validade”, explica Ticiana Menezes, diretora de Vendas e Marketing da Schar.

 

Como o consumo do pão francês é altamente associado ao frescor, a versão sem glúten oferecida pela Schär é pré-assada, ou seja, o produto é finalizado no momento do consumo, e deve ser levado ao forno por 8 a 10 minutos. “Desta forma, o consumidor pode ter um pão quente e fresquinho a qualquer hora, com a praticidade e segurança que necessita”, comenta Ticiana.

 

Em diversas pesquisas realizadas pela Schär junto aos consumidores para identificar os produtos mais desejados e que ainda não estavam disponíveis na categoria sem glúten no Brasil, o pão francês apareceu repetidamente no TOP 3. “Por isso, a receita deste pão foi desenvolvida especialmente para os brasileiros, com o objetivo de oferecer, novamente, a oportunidade de saborear um produto tão desejado”, explica.

 

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e ABIP (Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria), 76% dos brasileiros comem pão francês no café da manhã, e destinam de 7 a 10% do orçamento familiar em alimentação para esse item. “Estamos trazendo para o consumidor celíaco, sensível ao glúten ou que necessita seguir uma dieta com a isenção dessa proteína um item extremamente relevante para sua inclusão alimentar, salienta Ticiana.

 

Aos amantes do tradicional pão francês, o produto Schär se destaca por apresentar características similares à com a versão convencional conhecida pelo consumidor: casquinha leve e crocante por fora, e miolo macio e saboroso.

 

E as novidades da Schär não param por aí. Para 2018 a empresa promete mexer ainda mais com a categoria sem glúten. “Continuamos acompanhando os pedidos dos consumidores e avaliando as necessidades do mercado para que possamos seguir com a mais completa oferta de produtos sem glúten, do café da manhã ao jantar, atendendo às demandas dos nossos clientes”, comenta Ticiana.

 

Segundo ela, a expectativa para 2018 é manter o ritmo de crescimento atual de 10% ao ano, e seguir ampliando. “Com a recente aquisição da marca Beladri – tradicional empresa paranaense fabricante de alimentos sem glúten a intenção do Grupo Dr. Schär é aumentar ainda mais sua representatividade no mercado agora não só com a marca Schär, mas também com uma marca nacional, desenvolvendo produtos que se adaptam perfeitamente ao paladar brasileiro.

 

 

Fonte: Conceito Notícias

 

 

 

Os textos publicados neste espaço são de responsabilidade única de seus autores e podem não expressar necessariamente a opinião do Portal.