7817 - ok

Um dia todo dedicado ao produtor

Primeiro dia da Envase Brasil contemplou programação voltada ao vinho colonial, queijo artesanal e azeite de oliva, além de Rodada de Negócios e Relacionamentos

 

É no campo que começa a cadeia produtiva de alimentos. Desde 2004, a Envase Brasil dedica boa parte de sua programação ao produtor. Nessas sete edições, mais de 5 mil agricultores de diversas regiões brasileiras participaram do Encontro Produtor, uma pauta especial organizada pelo evento com o objetivo de colocar na mesa as novidades do setor. Este ano, o foco foi triplo: vinho colonial, queijo artesanal e azeite de oliva, segmentos que têm conquistado boa parte da agenda da agricultura familiar no país.

 

Com programação simultânea, o Encontro Produtor contou com Mesa Redonda, apresentação de case, mostra e Rodada de Negócios e Relacionamentos. Latente na agricultura familiar, o tema ‘Regulamentação do Vinho Colonial – Histórico, Registro e Declarações Vinícolas’ reuniu mais de 50 agricultores no Auditório 1. O enólogo da Emater, Thompsson Benhur Didoné, foi um dos painelistas. Segundo ele, o Rio Grande do Sul possui 12 empresas regulamentadas, sendo oito vinícolas e quatro de derivados da uva. Outras 10 estão em processo de registro. “O IBGE afirma que mais de mil se declararam fabricantes de vinhos artesanais no Estado. Se conseguirmos chegar a 100 declarações este ano já estamos satisfeitos”, afirma. Paralelamente, aconteceu no Auditório 2 a Mesa Redonda ‘Queijos Artesanais Gaúchos: Cenário Atual. Tendências e Legislação’.

 

Degustando a Safra 2018 de azeite de oliva

No mesmo local, às 17h, foi apresentado o case de sucesso da Fazenda Irarema. O Mestre Lagareiro Moacir Carvalho falou sobre a produção de azeite de oliva em São Sebastião da Gama (MG). Com loja na própria fazenda, em Belo Horizonte, São Paulo, Ribeirão Preto e em Poços, a marca chega ao mercado em quatro versões: frutado, alecrim, manjericão e limão siciliano.

 

Após, foi a vez do Instituto Brasileiro da Olivicultura (Ibraoliva) apresentar a Mostra ‘Salão do Azeite Gaúcho’, onde o público teve a oportunidade de conhecer a Safra 2018, através da degustação das 20 marcas produzidas em 13 cidades do Rio Grande do Sul. O presidente da entidade, Eudes Marchetti, disse que a comercialização ganhou força em 2008. “No ano passado chegamos a 57 mil litros de azeite de oliva. Este ano, estamos perto de 60 mil litros, mas temos espaço para crescer”. O Brasil produz 150 mil litros com presença em oito estados, que seguem por ordem de representatividade: RS, MG, SC, PR, SP, RJ, ES e BA. São 3.456 mil hectares em cultivo só no Estado, com destaque para a Serra Sudeste, responsável por 51,3% da produção gaúcha.

 

Meio milhão na Rodada de Negócios

O Espaço Villa Bier foi ocupado pela Rodada de Negócios e Relacionamentos, realizada em parceria com o Sebrae-RS. Segundo o Gestor de Projetos do Sebrae, Gustavo Rech, 80 empresas participaram do projeto, resultando numa projeção de R$ 500 mil em negócios. “Cada rodada durou 10 minutos. O formato contemplou rodada de todas com todas empresas, aproximando organizações de pequeno, médio e grande porte”, destaca. Para participar bastava ser dos setores de alimentos e bebidas.

 

Segundo dia abre com Conferência de Segurança de Alimentos

O segundo dia do evento contempla as cervejas artesanais e a água mineral com a realização da 3ª Conferência de Segurança de Alimentos. Diversos painéis com especialistas no assunto debaterão sobre ‘A Produção Legal de Cerveja Artesanal’ no Auditório 1. A ‘Diferenciação de Águas na Cadeia Produtiva da Água Mineral’ será tema do Workshop ABINAM (Associação Brasileira de Indústria de Águas Minerais) | AGEDAM (Associação Gaúcha dos Envasadores de Água Mineral) no Auditório 2. Ambas agendas iniciam às 15h. O dia encerra no Espaço Villa Beer com o painel ‘O Ano do Brew Pub no Brasil’ com o presidente da Escola Superior de Cerveja Malte, Carlo Enrico Bressiani.

 

Serão quatro dias para que empresas fornecedoras, players setoriais, entidades e profissionais se relacionem com seus públicos-alvo, conhecendo as novidades e modernizando suas operações. “A oportunidade é única e se repete a cada dois anos. Reunimos expositores que apresentam lançamentos e inovações capazes de revolucionar processos, tornando as empresas muito mais competitivas”, destaca o presidente da Envase Brasil | Embala Sul, Vicente Puerta.

 

O grande encontro de tecnologia da indústria de bebidas e de alimentos chega a sua 13ª edição em duas décadas de história. Na busca de soluções para inovar e crescer, 164 expositores esperam com cerca de 10 mil profissionais da cadeia produtiva dos setores envolvidos. A aproximação é feita pela Envase Brasil | Embala Sul, que projeta um volume de negócios na ordem de R$ 100 milhões, atraindo participantes internacionais. O evento começou hoje, 24, e segue até sexta-feira, 27, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves, sempre das 14h às 21h.

 

SERVIÇO

O que? Envase Brasil / Embala Sul

Quando? De 24 a 27 de abril de 2018

Horário: das 14h às 21h

Onde? Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS) – Pavilhão E

Informações: (11) 5572.1221 ou (54) 3452.9136

queroexpor@newtrade.com.br

www.envasebrasil.com.br

 

 

 

Fonte: Conceito Com

Fotos: Augusto Tomasi

 

 

 

Os textos publicados neste espaço são de responsabilidade única de seus autores e podem não expressar
necessariamente a opinião do Portal.