The Extended Factory

ENFOQUE EXCLUSIVO DO SIDEL GROUP SOBRE A CADEIA DE VALOR DA EMBALAGEM REVOLUCIONA CONCEITOS DE LINHA E FÁBRICA

Os padrões de consumo emergentes têm apresentado novos desafios de produção para os produtores de bebidas, alimentos, produtos para casa e de cuidados pessoais no mundo inteiro. A diversidade e a personalização dos produtos e o comércio eletrônico exigem maior capacidade de resposta, flexibilidade e escalabilidade das linhas de produção. Com este conceito revolucionário o Sidel Group está abrindo caminho para um novo modelo de produção que se destaca por sua agilidade sem precedentes.

Para garantir a agilidade, em primeiro lugar, simplificamos muito os nossos processos, e além disso, atingimos a capacidade de processar uma variedade elevada de produtos bem como pequenos volumes em prazos e ambientes inesperados. Aplicando o conceito de ‘layout desmaterializado’, atendemos essas novas tendências de consumo e as exigências do comércio eletrônico proporcionando a personalização em quantidade ao custo de produção em massa.
O fim da reembalagem não sustentável
Hoje, para muitos produtores, a única maneira de responder rapidamente garantindo o preço certo à demanda por produtos mais personalizados e oferecendo maior variedade de SKUs (sigla, em inglês, de unidades de manutenção de estoque) – como embalagens de sabores sortidos (rainbow packs), embalagens promocionais ou pacotes menores – consiste geralmente no processo de reembalagem de produtos finais. Esses produtos são desempacotados e reembalados de outro modo posteriormente. De acordo com especialistas do setor, esse processo de reembalagem pode atingir, muitas vezes, 30% a 50% do volume da produção total e é totalmente contrário aos princípios de produção enxuta e de menor impacto ambiental. Números como esses mostram claramente que a flexibilidade chegou ao seu limite; em mercados onde aumenta a imprevisibilidade e nos quais enfrentamos o desafio de produzir uma grande variedade de diferentes tipos de produtos, frequentemente em quantidade limitada, fica evidente a necessidade de maior agilidade.

É uma solução “pronta” exclusiva
A integração da preparação dos pedidos nas linhas de produção é uma das medidas inevitáveis da logística. Esse é o modelo que o Sidel Group está propondo aos clientes para ganhar rapidez e flexibilidade, com mais economia.

As linhas de embalagem devem ser remodeladas seguindo o novo conceito de ‘layout desmaterializado’ da empresa. Os equipamentos individuais continuarão a ser usados, mas sem estarem conectados entre si. Os “sistemas ciberfísicos”, como são chamados no jargão da Indústria 4.0, são ilhas autônomas de produção inteligente que podem ser montadas ao lado das linhas de alta capacidade e das frequentes linhas de formato individual. Elas se comunicam com o seu entorno e são carregadas e descarregadas por meio de plataformas móveis. Com isso, erradicamos o uso de transportadores cruzados e qualquer inflexibilidade de layout. O objetivo final é oferecer liberdade total de fluxos e permitir que os contêineres e as embalagens sejam direcionados de um ponto a outro qualquer: a flexibilidade total com menos trocas de formatos nas máquinas e linhas. Outra vantagem é que, ao compartilhar máquinas entre diversas linhas (desmaterializando o layout e reduzindo o número necessário de máquinas), podem ser realizadas intervenções em diferentes linhas de produção, reduzindo o CAPEX (investimentos em bens de capital).

Podemos aplicar o princípio acima de lotes unitários nos outros planos de produção com tendências divergentes: embalagens com sabores sortidos (rainbow packs) ou promocionais (embalagens de presente). Onde tanto as estações de preparação como as áreas de seleção usufruem de acesso permanente a todos os produtos necessários para produzir lotes sob demanda.
Como não é possível a realização de lotes personalizados na mesma velocidade das mudanças de formato, a fábrica do futuro deve contar com uma logística de produtos semiacabados em suas linhas de produção: encaminhamento, armazenamento intermediário, disponibilidade sob demanda. Isso representa o fim da reembalagem, devido a capacidade de fazer antecipadamente agrupamentos bem variáveis usando contêineres ou as embalagens de produto que são mantidas reservadas oportunamente para isto. A intralogística será a responsável por essa arquitetura. Isso é o que denominamos “Fábrica Estendida”, a Extended Factory.

Ao adotar essa abordagem enxuta de processamento de produtos semiacabados e lançar mão da intralogística, os produtores dos setores de alimentos, bebidas, produtos para casa e cuidados pessoais atingem flexibilidade superior, melhorando gradualmente o desempenho e personalizando a produção massiva. Além disso, aumenta os tipos de SKUs que é capaz de processar, e satisfaz prazos de comercialização mais curtos de modo que minimiza a estocagem e os desperdícios e elimina a necessidade de reembalagem.

Ludovic Tanchou, o vice-presidente de Estratégia, Produtos e Inovação da Gebo Cermex, comenta: “Não existe solução equiparável disponível no mercado, a abordagem exclusiva de ‘layout desmaterializado’ do Sidel Group revoluciona os conceitos tradicionais de fábrica e de linha para os produtores de embalagens, revigorando a flexibilidade, a individualização e as oportunidades futuras de personalização. Com o uso da modelagem 3D para projetar e avaliar os layouts personalizados de linha e a alavancagem da vasta experiência da Gebo Cermex nos ramos de automação avançada e engenharia de linha, este enfoque da produção facilitará a implementação de futuras ampliações do portfólio de produtos, com melhor uso dos recursos, sem comprometer as taxas de utilização dos equipamentos e, sobretudo, com o TCO (custo total de propriedade) otimizado. Tivemos uma resposta muito positiva na Drinktec 2017, a maior feira de negócios do setor de bebidas e alimentos líquidos do mundo, a qual foi uma plataforma excelente para a apresentação desse conceito revolucionário.”

A ‘Fábrica Estendida’ é um dos cinco pilares que sustentam o programa Agility 4.0™ do Sidel Group. Trata-se de um enfoque pragmático, comprovado e premiado de produção, que complementa e estimula as oportunidades oferecidas pela Indústria 4.0. O programa viabiliza as Fábricas Inteligentes, visando abrir um caminho para mais opções e uma experiência única para o mercado de embalagem para a customização em massa e uma diversidade de produtos. Tudo isso, otimizando ao mesmo tempo os investimentos iniciais, mantendo custos operacionais baixos e garantindo o desempenho ágil permanente.

Para mais informações sobre o programa Agility 4.0 do Sidel Group, acesse: http://www.sidel.com/about-sidel/media/press-releases/2017/agility-40.

 

 

 

 

Fonte: EMG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os textos publicados neste espaço são de responsabilidade única de seus autores e podem não expressar
necessariamente a opinião do Portal.